Casa e Decoração Moradora acusa vizinho de cobrar mais de R$ 19.000 por cerca que ela não quer

Moradora acusa vizinho de cobrar mais de R$ 19.000 por cerca que ela não quer

Para dar início à construção da divisória, o homem derrubou cerca viva que, segundo a mulher, estava no terreno dela

Resumindo a Notícia
  • Uma moradora recorreu às redes para reclamar do novo vizinho.

  • Isso porque o homem decidiu construir uma cerca entre as duas propriedades.

  • No entanto, a mulher e o marido dela é que teriam de arcar com o valor.

  • Como eles se negaram a pagar, o vizinho cortou a cerca viva que ficava na propriedade deles.

Moradora acusa vizinho de cobrar por cerca que ela não quer

Moradora acusa vizinho de cobrar por cerca que ela não quer

Pexels

Uma moradora recorreu às redes para reclamar do novo vizinho. Isso porque o homem decidiu construir uma cerca entre as duas propriedade, que "só custaria 3.000 libras" (o equivalente a mais de R$ 19.000, na cotação atual) à mulher e ao marido dela.

A história veio à tona por meio de uma postagem no site Mumsnet, na qual a moradora disse que o vizinho já estava com trabalhadores a postos para realizar o serviço — sem que nenhuma consulta anterior tivesse sido feita.

"Ele disse que não podia nos mostrar as faturas porque era 'através da construtora' dele", escreveu a autora da publicação. "Dissemos que não queríamos uma cerca, não temos 3.000 libras." Até porque já havia uma cerca viva no local onde o vizinho planejava construir a nova divisória, que, segundo a mulher, ficava no terreno dela.

Vale o clique: Conheça a 'casa invisível' de quase R$ 100 milhões no deserto

Ficava, porque, diante da recusa do casal em aceitar arcar com os custos da nova cerca, o homem seguiu com o projeto: "Hoje, os trabalhadores dele foram em frente e cortaram a cerca viva, dizendo que é o lado deles do limite", contou a moradora. "Estou chocada."

Ao término do texto, ela contou ter entrado em contato com autoridades da região, que a orientaram a apresentar da escritura do terreno — na qual constaria o limite entre as duas propriedades.

Curioso, um internauta perguntou à mulher se houve um novo contato entre as partes. Ela disse que não, devido à orientação de um amigo advogado: "[Ele] disse para não falarmos, ou ele alegará que o acordo verbal foi alcançado", pontuou. Briga que segue...

A seguir, veja como é por dentro a casa na favela brasileira premiada em concurso internacional:

Últimas