Viva a Vida Estudante processa pais por gastar dinheiro da faculdade no casamento do irmão

Estudante processa pais por gastar dinheiro da faculdade no casamento do irmão

Tia-avó da menina tinha deixado herança para ela após perceber que a cultura delas não valoriza a educação das mulheres

  • Viva a Vida | Maria Cunha*, do R7

Resumindo a Notícia
  • Estudante compartilhou luta que enfrentou após tentar se matricular na universidade.

  • Ela viu que os pais gastaram o dinheiro destinado à educação dela no casamento do irmão.

  • Tia-avó da jovem montou uma conta-poupança para todas as mulheres da família.

  • No entanto, os pais conseguiram pôr as mãos na herança deixada para ela e a irmã.

Herança deixada para a jovem por tia-avó foi usada no casamento do irmão

Herança deixada para a jovem por tia-avó foi usada no casamento do irmão

PxHere

Uma estudante compartilhou na rede social Reddit a luta que enfrentou após ter tentado se matricular na universidade e descoberto que seus pais gastaram o dinheiro destinado à educação dela no casamento do irmão

De acordo com a aluna, a sua tia-avó montou uma conta-poupança para todas as mulheres da família depois de ter percebido que a cultura delas não valoriza a educação das mulheres. A usuária não explicou a crença familiar. 

"[Minha tia-avó] morava com o pai em Londres, onde foi educada. Ela passou a frequentar a universidade e se tornou médica", explicou a jovem. "Ela se casou com um britânico, eles se mudaram para a América e tiveram uma ótima vida. Ela financiou a educação de tantas sobrinhas e netas quanto pôde."

Assim, quando a senhora faleceu, ela deixou dinheiro para cada parente que podia, o que incluiu a sobrinha-neta. 

No entanto, a estudante explicou que os pais dela conseguiram pôr as mãos na herança deixada para ela e a irmã e a usaram para pagar o luxuoso casamento do irmão das duas.

"Minha irmã não se importava, porque se casou dois anos depois do ensino médio e não tinha intenção de ir para a faculdade", acrescentou. "Quando me formei, fui ao banco para conseguir dinheiro para a faculdade, e quase tudo tinha acabado. Restavam por volta de 13 mil dólares (cerca de R$ 65,9 mil).

Ao perguntar aos pais sobre o assunto, eles disseram à jovem que tinham precisado do dinheiro. O destino, porém, foi descoberto por ela só depois.

"[Quando descobri,] fiquei furiosa. Peguei empréstimos estudantis e me mudei. Sou uma grande fonte de vergonha para eles e não dou a mínima", afirmou a aluna. 

Questionada sobre quanto a herança teria coberto do valor da faculdade, a mulher respondeu que seria "o suficiente para que eu e minha irmã pudéssemos terminar nosso curso de graduação sem dívidas".

Em busca de justiça, a estudante procurou aconselhamento jurídico para processar os pais por todo o dinheiro que eles roubaram dela, o que a fez se afastar da família durante o processo.

"Minha família inteira está contra mim. Todos pensam que sou uma idiota completa por divulgar negócios privados de família em público. E que estou pondo dinheiro à frente da família", contou a jovem.

Ela ainda revelou que o irmão dela ligou e se ofereceu para pagar a universidade se ela desistisse do processo; ela concordou, desde que eles tivessem um contrato juridicamente vinculativo.

"Ele disse que eu estava sendo uma idiota por não confiar nele", disse ela. "Eu disse que ele não deveria ter aceitado meu dinheiro para o casamento dele. Isso está causando todo tipo de constrangimento em nossa comunidade."

* Estagiária do R7, sob supervisão de Lello Lopes

Rapaz cortado ao meio após empilhadeira cair sobre ele completa dois anos de casamento

Últimas