Viva a Vida Kim Kardashian teve artrite psoriásica ao perder 7 kg para caber no vestido de Marilyn Monroe

Kim Kardashian teve artrite psoriásica ao perder 7 kg para caber no vestido de Marilyn Monroe

A empresária, que sofre com psoríase, disse que a doença se agravou por ter acrescentado carne a sua dieta vegetariana

  • Viva a Vida | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Kim Kardashian teve artrite psoriásica ao fazer dieta que resultou na perda de 7 kg em 20 dias

  • A empresária emagreceu a fim de caber em um vestido de Marilyn Monroe no Met Gala 2022

  • Depois de revelar seu método de emagrecimento, Kim foi muito criticada por internautas

  • Especialista frisa que dietas muito restritivas aumentam casos de distúrbios alimentares

Kim Kardashian no Met Gala usando o vestido de Marilyn Monroe

Kim Kardashian no Met Gala usando o vestido de Marilyn Monroe

Dimitrios Kambouris / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Kim Kardashian, de 41 anos, revelou que teve artrite psoriásica durante a dieta pesada que fez em maio para perder 7 kg em 20 dias e, assim, usar o icônico vestido de Marilyn Monroe no Met Gala 2022.

Em entrevista à revista Allure, a empresária, que já sofre com psoríase e sempre falou abertamente sobre o assunto, contou que a doença crônica de pele se agravou durante o processo de emagrecimento pelo fato de ela ter consumido carne, já que tem uma dieta baseada em vegetais.

“A psoríase se espalhou pelo meu corpo e eu tive artrite psoriática, então não conseguia mexer minhas mãos”, lembrou. “Foi muito doloroso e tive que ir a um reumatologista, que me receitou um esteroide. Eu estava enlouquecendo. Quando parei de comer carne novamente, melhorei”, completou.

 Em entrevista ao R7, o dermatologista Dimitri Luz, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), que é especialista no tema, afirmou que entre 47% e 60% dos pacientes com psoríase desenvolvem artrite psoriásica, quando a inflamação atinge também as articulações, causando fortes dores — inclusive na coluna.

"Isso acontece depois que a psoríase está bem estabelecida, mas não dá para estabelecer um tempo específico [para o surgimento]", explicou. 

Apos revelar seu método de emagrecimento, Kim foi criticada por internautas  que disseram que ela foi irresponsável ao falar sobre o assunto. A nutricionista Angelica Grecco, do Instituto EndoVitta, destacou que dietas muito restritivas aumentam os casos de distúrbios alimentares.

“Aumenta muito a incidência de distúrbios como anorexia e bulimia, a pessoa acaba tendo a prática de comer em grandes volumes e depois adotar técnicas purgativas, como o vômito e o uso excessivo de laxantes. Então a dieta restritiva acaba resultando naquele desespero psicológico de comer tudo e perder o controle da situação”, afirmou ao R7.

Últimas