Viva a Vida Valentina Francavilla celebra a autoaceitação após mudanças no corpo: 'Me achando gata'

Valentina Francavilla celebra a autoaceitação após mudanças no corpo: 'Me achando gata'

A ex-peoa de 'A Fazenda 13' virou assunto após gravar vídeo de maiô; em entrevista ao R7, ela assegura que está com ótima saúde

  • Viva a Vida | Brenda Marques, do R7

Valentina Francavilla mostrou as mudanças em seu corpo

Valentina Francavilla mostrou as mudanças em seu corpo

Reprodução/Instagram/@valentinafrancavilla

Valentina Francavilla, que participou de A Fazenda 13, surpreendeu internautas na última semana ao publicar nas redes sociais um vídeo em que exibe o corpo de maiô. "Quero mostrar para vocês como eu realmente estou", disse. Aos 44 anos e com 94 kg, a apresentadora criou coragem para ser e mostrar quem ela é após anos recorrendo a diferentes meios para se enquadrar em um ideal estético magro e jovem.

A ex-assistente de palco do Ratinho diz que sentiu vergonha do corpo e tentou escondê-lo depois de ganhar peso. "Eu tive sempre uma relação boa com meu corpo, porque ele era perfeitinho e malhado. Estou com 94 kg e o máximo que já tinha chegado era a 64 kg. Quando comecei a engordar, me fechei por causa do preconceito das pessoas, só usava roupa escura."

A busca de Valentina por se enquadrar no padrão valorizado pela sociedade começou cedo, aos 20 anos de idade. "Já fiz um monte de procedimentos. Brinco que sou toda plastificada", declara ela, bem-humorada. "Tenho 12 pontos dentro da boca, porque o preenchimento labial deu errado e tive que tirar. Precisei fazer um monte de reparação por causa disso", conta.

Depois da participação em A Fazenda 13, ela decidiu não fazer mais intervenções. "Já faz tempo que parei. Quando fui para a Fazenda, emagreci muito. Minha pele começou a ceder, e vi que não estava legal", lembra.

Valentina tomou a decisão de entrar no reality rural da Record TV a fim de conquistar uma estabilidade financeira que permitisse passar mais tempo com o filho, Peppe, de 5 anos.

"Eu não tinha ligação com meu filho. Chegava em casa, ele já estava dormindo. Tinha medo que ele falasse que não foi criado por mim, porque eu só trabalhava. Fiquei quase três meses confinada e, quando cheguei em casa, ele não queria vir no meu colo. Foi doído", desabafa.

Dedicação total ao trabalho materno

Depois da participação em A Fazenda, Valentina decidiu se afastar da TV e abrir mão de alguns hábitos, como ir à academia, para se dedicar integralmente ao trabalho materno. "Minha profissão, hoje em dia, é ser mãe, mas a gente não é remunerada", destaca. "Eu brinco, levo e busco o Peppe na escola", descreve.

Com essa nova realidade, ela também passou a comer mais. "Eu tomava café da manhã, o levava na escola, voltava e comia um lanchinho. Na hora de ver um filme, estourava pipoca", exemplifica.

A alimentação desregrada e a falta de exercícios físicos a fizeram engordar. "Com 44 anos, se você come e não faz ginástica, não tem como", reconhece.

A experiência com o balão gástrico

Valentina Francavilla agora quer ajudar as mulheres a se aceitarem mais

Valentina Francavilla agora quer ajudar as mulheres a se aceitarem mais

Reprodução/Instagram/@valentinafrancavilla

Em março deste ano, a ex-peoa recorreu ao balão gástrico engolível — um instrumento médico indicado para tratar pacientes com obesidade leve ou superobesos — a fim de emagrecer. Na época, ela estava com o mesmo peso de hoje.

"Coloquei porque não estava me aceitando e comecei a tentar fazer de tudo para voltar a ser magra", afirma. "Na hora de engolir a cápsula, tive ânsia. Nas primeiras semanas, vomitei bastante. A vontade era abrir meu estômago com uma faca", recorda.

Após um mês e meio, no começo de maio, Valentina tinha perdido 17 kg. Ela comparou as mudanças em seu corpo com fotos de "antes e depois", publicadas nas redes sociais e afirmou que ainda queria perder mais peso. Porém, ao contrário das expectativas, nos meses seguintes, engordou de novo. Em julho, ela expeliu o balão.

"O balão não saciava a minha fome, pra mim não adiantou. Eu não estava na onda de ser disciplinada. Queria ser quem eu sou, mas não conseguia por causa da pressão [estética]", afirma.

A liberdade de se autoaceitar

De maio a meados de outubro, Valentina só mostrou o rosto — ou o filho — nas redes sociais. A virada de chave veio com a gravação de maiô. "Foi do nada. Eu estava na piscina com meu filho e falei: 'Quer saber? Vou dar minha cara a tapa. Joguei [o vídeo nas redes sociais]. Na hora que acordei, tinha um monte de mensagem me apoiando", lembra.

"Depois que fiz o vídeo de maiô, tirei 40 mil pesos que estavam em cima de mim. Estou me achando gata e nunca imaginei que iria me sentir assim. As pessoas estão me parando na rua. Estou mais famosa", completa.

 Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
 Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
 Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Em meio aos elogios, também há críticas e especulações sobre a saúde mental de Valentina. Mas a italiana enfatiza que tudo não passa de boato. "Eu fico ouvindo as pessoas dizerem que estou com depressão e ansiedade. Não tem nada a ver. Engordei porque comi demais e não me exercitei", reforça. 

"As pessoas ligam automaticamente a gordura a algo ruim. Se você é gordo, é desleixado, preguiçoso e não vai se dar bem no trabalho", critica. "Eu quero ajudar as pessoas que se sentem acuadas, feias e sem valor, como eu me senti", acrescenta.

Valentina ainda destaca que não está "romantizando a obesidade", como leu em alguns comentários no vídeo publicado há uma semana. "Todos os meus exames estão ok. A partir do momento em que eu não estiver bem, começo a me cuidar", afirma.

"Não quero romantizar nada. Quero mostrar que você pode ser diferente e ter sucesso. Meu objetivo é dizer: 'Pessoal, o gordo não necessariamente tem algum problema'", conclui.

VEJA TAMBÉM: Dois meses após bariátrica, Jojo Todynho sofre com engasgos e comemora poder se vestir sozinha

Últimas